terça-feira, 3 de maio de 2016

Colóquios Eurocidades Notas biográficas dos oradores

“COLÓQUIO EUROCIDADES Monção e Salvaterra del Miño - Expressões de cidadania no feminino na região luso galaica ” 9 de abril 2016 NOTAS BIOGRÁFICAS DOS ORADORES Nassalete Miranda - Moderadora do I Painel: Interação entre géneros - na literatura, na história e na arte Natural do Douro e com raízes paternas em Monção. Licenciada em Filologias Germânica e Românica pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Pós Graduada em Direito da Comunicação pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Cursos dos Institutos de Francês, British Institut e Goethe Institut do Porto. Curso de jornalismo Rádio RDP. Foi professora do ensino secundário (1980/1998) e superior até 2013 e formadora e co-fundadora do Centro de Jornalistas do Porto. Responsável pela informação na RDP/Porto /19851999 e Diretora do Jornal O Primeiro de Janeiro 2000/ 2008. Fundadora do Jornal quinzenal cultural As Artes entre As Letras em Maio 2009 e diretora deste jornal desde então. É atualmente Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Instituto Cultural D. António Ferreira Gomes (eleita em 15 de Março/2016) e também Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Associação Poetria (2013). É Membro do Conselho Cultural do TEP; Confrade de honra das Confrarias das Tripas e Queirosiana; Comissária de várias exposições de pintura e de escultura e co-fundadora da 1ª Bienal Mulheres de Artes em Espinho em 2011. Recebeu a Medalha de Mérito Cultural, Grau Ouro, da Câmara Municipal do Porto. Autora de prefácios espalhados por dezenas de livros de prosa e poesia e editou o seu primeiro livro em 2013 com o título "Entre 100 Sentidos" composto pelos 100 editoriais do Artes até então. Maria Luísa Malato Borralho - Membro da Comissão Científica e Palestrante sobre o tema “A Cela e o Zelo: o hábito de prender mulheres por amor num teatro da Lua” É professora associada, com agregação, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde leciona desde 1984. Tem centrado a sua atividade científica sobretudo na área da Literatura Portuguesa do séc. XVIII e na reflexão sobre a História e Retórica Literárias. Para além da colaboração em dicionários e histórias literárias (BIBLOS, editada pela Verbo entre 1995-2005, a Historia de la Literatura Portuguesa, publicada em Espanha, 2000, pela Cátedra, Historia da Literatura Portuguesa, da editora Alfa), salientam-se os estudos sobre três autores “injustamente esquecidos” pela História da Literatura (Manuel de Figueiredo, José Anastácio da Cunha, Viscondessa de Balsemão), com a edição de obras editas e inéditas destes autores:- Manuel de Figueiredo, uma perspectiva do neo-classicismo português (1745-1777), Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1995; José Anastácio da Cunha — Obras Completas (em colab.), 2 vols., Porto, Campo das Letras, 2001-2006; Por Acazo hum Viajante. A vida e a obra de Catarina de Lencastre (1749-1824), Lisboa, Imprensa Nacional- Casa da Moeda), 2008, encontrando-se em preparação a edição crítica da obra desta autora. Membro do projecto “Utopias literárias”, financiado pela FCT, foi responsável pela introdução e edição da utopia O Balão aos Habitantes da Lua, de José Daniel Rodrigues da Lua (Porto, UP, 2006). Susana Sánchez Arins - Palestrante sobre o tema “Nós-outras, senhoras das Letras: a experiência da plataforma de crítica feminista A Sega FORMAÇÃO: Licenciatura em Filologia Hispânica, Universidade Santiago de Compostela 1997 Bolsa de Investigação Literária do Instituto Camões, Lisboa 1998 Licenciatura em Filologia Portuguesa, Universidade Santiago de Compostela 2004 Diploma de Estudos Avanzados en Literatura Portuguesa, Universidade Santiago de Compostela 2010 EXPERIÊNCIA LABORAL: Profesora de Ensino Secundario desde 1999, na Especialidade de Língua Castelá e Literatura. Destino Actual: IES Illa de Arousa, Ilha da Arouça, Galiza. PRODUÇÃO LITERÁRIA: Certames: Prémio Nacional de Poesia Xosemaria Pérez Parallé Edição XXI, 2008. Obra: [de]construçom OBRA EDITADA: [de]construçom, Espiral Maior 2009. Aquiltadas, Estaleiro Editora 2012. A noiva e o navio, Editora Através 2012. Seique, Editora Através 2015. OBRA DIGITAL: Individual: dedoscomovermes, blogue de poesía:http://dedoscomovermes.blogaliza.org/ aquiltadas, blogue do poemário: http://aquiltadas.blogspot.com.es/ a noiva e o navio, blogue do poemário. José Viriato Capela - Membro da Comissão Científica e palestrante sobre o tema “ A Nação Portuguesa e a Devoção à Virgem. Epifanias salvíficas e patrióticas” Presidente da Casa Museu de Monção da Universidade do Minho, professor catedrático do departamento de História Universidade do Minho, História Moderna; Membro do Lab 2PT – Centro de Investigação da Universidade do Minho; Membro da Real Academia Galega há História (desde 2014);Membro da Fundação Carlos Loyd Braga (UMinho – desde 2014); Membro do júri do prémio “Defesa Nacional” Atribuído pelo Ministério da Defesa - Comissão Portuguesa de História Militar; - Membro do Conselho Consultivo da Revista Lusitana Sacra; Membro efetivo do Conselho Científico da Comissão Portuguesa de História Militar. Presidente da Comissão Executiva do Júri do Prémio de História da Contemporânea Victor de Sá do Conselho Cultural da Universidade do Minho (desde 2003); Membro do Conselho Consultivo do Museu da Emigração - Câmara Municipal de Fafe; investigador e autor de livros publicados dos quais se destaca entre muitos: O Minho e os seus municípios. Estudos económico - administrativos sobre o município português nos horizontes da reforma Liberal, Universidade do Minho, Mestrado de História das Instituições e Cultura Moderna e Contemporânea, Braga. Rocío Pino - palestrante sobre o tema “Unha raíña en Salvaterra, Urraca I de León” Licenciada en Historia pola Universidade de Vigo. no ano 2007, obtiven o Certificado de Aptitude Pedagógica. No ano 2010, realicei o Master en Historia, Territorio y Recursos Patrimoniais, pola Universidade de Vigo. Especializandome en Antropoloxía cultural e Patrimonio etnográfico. Son colaboradora desde o ano 2010 no Museo Etnográfico Liste de Vigo, realizando a labor de documentalista das exposicións temporais. Ademais posuo numerosos certificados de asistencia a cursos relacionados co Patrimonio e a Historia. Tamén traballei como Historiadora para o Concello de Covelo levando a cabo o inventario e a catalogación do seu Patrimonio Histórico, inmaterial e etnográfico. Ana Pais Oliveira - Palestrante sobre o tema “A arte no feminino: para onde se dirige a artista?” (Vila Nova de Gaia, 1982) é licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto e doutorada em Arte e Design – Pintura pela mesma faculdade (2015). Foi bolseira da FCT entre 2011 e 2015 e é membro colaborador do i2ADS e do AIC Study Group on Environmental Colour Design. Venceu vários prémios de pintura, entre os quais o 1º Prémio Eixo Atlântico na VIII Bienal Eixo Atlântico (2008), o Prémio Aquisição dos Amigos da Biblioteca-Museu de Amarante na 9ª Edição do Prémio Amadeo de Souza-Cardoso (2013) e o Kunstpreis Young Art Award <33 [colour] da Galeria Art Forum Ute Barth em Zurique, Suíça, onde expôs individualmente no Verão de 2014. Participa regularmente em conferências e seminários, tendo recentemente apresentado o seu trabalho em Génova, Newcastle, Valencia, Lisboa e Porto. Carmen Quintero Domínguez-Luna - Palestrante sobre o tema “A mulher icon na arte ” Doctora en Bellas Artes – Universidad de Vigo. EStudou Bellas Artes em Complutense Universidad de Madrid. Participatión en Bienales internacionales de arte. Obras nos “ Museu del Calzado”, Elda. Fluxá. Elche (Alicante) Graça Guedes - Membro da Comissão Científica e Moderadora no II Painel: “Eurocidades - por uma cultura de igualdade” Professora Catedrática aposentada da Universidade do Porto. Licenciada em Educação Física (INEF). Doutorada em Psicologia-Universidade René Descartes/Sorbonne (Paris V). Agregação em Comportamento Motor - FCDEF – Universidade do Porto. Docente em cursos de licenciatura e de mestrado em Ciências do Desporto. Coordenadora de cursos de Licenciatura e de Mestrado em Ciências do Desporto na CESPU - Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário. Membro fundador da Associação Mulher Migrante e atualmente Secretária Geral. Foi Presidente da Assembleia Municipal de Espinho. Maria Manuela Aguiar - Palestrante sobre o tema - Emigração no século XXI – da diversidade à convergência. O paradigma do “Boston Portuguese Festival” Foi Secretária de Estado do Trabalho, depois, da Emigração e Comunidades Portuguesas, Deputada eleita pelos círculos da emigração, Vice-presidente da AR, Presidente da Delegação Portuguesa à Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, Presidente da Comissão das Migrações, Refugiados e Demografia dessa Assembleia. É licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra e tem pós-graduação em Direito pela Faculdade de Direito e Ciências Económicas do Instituto Católico de Paris. Foi docente na Universidade Católica de Lisboa, na Faculdade de Direito de Coimbra Universidade Aberta. É Presidente da Assembleia Geral da Associação "Mulher Migrante" da qual foi uma das fundadoras, e coordena o blogue da Associação: http://mulhermigranteemcongresso.blogspot.pt/. Tem várias publicações sobre emigração, Cidadã ligada a causas, relacionadas com a defesa dos direitos humanos, especialista nas questões da diáspora portuguesa. É sobre esta dimensão que incide o seu testemunho. Francisco R. Durán Villa - Palestrante sobre o tema “ A mulher como protagonista da emigração no trânsito do século XX ao XXI” Licenciado em Geografía e Historia, seção de Geografía, em 1984. Doutorou-se em Geografía em 1997 com a defesa da tese de Doutoramento ” La emigración española al Reino Unido”. O trabalho obteve a classificação de “Apto cum laude” e foi-lhe concedido o “Premio Extraordinario de Doctorado”. É Professor Titular de Geografia, na Área de Análises Geográfica Regional, na USC-Universidad de Santiago de Compostela. As suas principais áreas de investigação são a emigração, a demografia, a geografia urbana e os processos associados ao empobrecimento, tendo diversos trabalhos publicados sobre as referidas áreas. É Membro do grupo de investigação ” Groupe da Recherche en Geographie Social de l'Universite du Maine (Gregum)” e do “Arquivo da Emigración del Consello da Cultura Galega de Galicia”. Foi Diretor e Secretario do Departamento de Geografia de la USC; Secretário da Faculdade de Geografia e Historia, Vice-reitor de Estudantes, Cultura y Formação contínua de la USC, e atualmente é diretor do Departamento de Geografia. Emanuelle Jacqueline Ortega Afonso – Palestrante sobre o tema “Nova emigração, umA vaga no feminino” Nascida em França a 28 de Janeiro de 1969, Emmanuelle Jacqueline Ortega Afonso vive atualmente em Portugal, para onde veio por 6 meses num intercâmbio Erasmus em 1992. Tem um MBA em Gestão pelo ISEG -Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa, possui um Diploma EDHEC, pela École De Hautes Études Commerciales, uma das mais prestigiadas "Grandes Écoles" de gestão em França e um B.A. Honours in Business Studies, pela Escola Politécnica de Brighton. Com uma vasta experiência como consultora, auditora e formadora nas áreas de Marketing e comunicação, Emmanuelle Afonso fundou o Observatório dos Luso-Descendentes a 10 de Junho de 2010,sendo desde então a sua Presidente. Arcelina Santiago – Palestrante sobre tema “Educação para a não violência” Licenciada em Filologia Germânica pela Universidade do Porto, com pós-graduação em Formação Pessoal e Social na Universidade de Aveiro e aí também Mestre em Ciências Sociais, Políticas e Jurídicas – com investigação em questões do género. Docente do ensino Básico/Secundário e Superior foi Diretora do Centro de Formação das Escolas de Espinho, consultora de Formação, Formadora nas áreas de Avaliação e Formação Pessoal e Social , com certificado do Conselho Científico da Formação Contínua de professores, Orientadora Pedagógica, Membro da Direção de Escola, Deputada Municipal e defensora de causas e fundadora de diversas Associações e Movimentos Cívicos. Foi também Coordenadora de Projetos de âmbito Europeu, com artigos publicados e comunicações em seminários e colóquios. É atualmente membro da direção da Associação de Estudo, Cooperação e Solidariedade- Mulher Migrante e uma das organizadoras da publicação anual da Mulher Migrante. Mulher da diáspora, em três continentes, tem com Monção uma ligação especial, e bem perto, em S. Pedro da Torre, as suas raízes paternas. Maria Carminda Soares Morais - Palestrante sobre tema As Mulheres e a Saúde: novas e velhas (in) visibilidades nos percursos de formação nos percursos de formação Profª Coordenadora na Escola de Saúde/ Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Investigadora no Centro de Estudos e Investigação em Saúde da Universidade de Coimbra Participa em projetos de investigação-ação, em particular nas áreas de género, da violência doméstica, do combate à pobreza e às desigualdades sociais e de saúde por via do desenvolvimento local e da coesão social e, ultimamente, na promoção da literacia com pessoas diabéticas tipo 2 (com a Direção Geral da Saúde). Doutora em Ciências da Educação, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, com tese subordinada "Formação, Género e Vozes de Enfermeiras", onde se problematizam as continuidades e ruturas nas conceções e praticas de Cidadania, do Gênero e da lideranças no feminino. Mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Medicina de Coimbra. Licenciada em Enfermagem´, com especialidade em Saúde Pública. Considero-me uma "Mulher Africana", com "Sangue Minhoto a Correr pelas Veias", origens que conformam, pelo menos em grande medida, um agir intencional e crítico face a transformações sociais e de género que urge fazer numa lógica global e sem fronteiras.

Sem comentários:

Enviar um comentário