sexta-feira, 11 de outubro de 2013

FERNANDA RAMOS A PRESENÇA DA AUSÊNCIA


A PRESENÇA DA AUSÊNCIA

Tristão de Athayde

 

A saudade é a presença da ausência.

“Só agora compreendo que, realmente, a Esperança e o Amor são mais fortes do que a morte...

...A presença de Deus e da saudade nos fazem entender a ausência como o grande sinal da vida...é o caminho pelo qual os corações anulam o peso intolerável das distâncias...

...A ausência pode ser, a cada momento, o sinal mais sério da existência de Deus.”

“Hoje, em nossos corações a nossa mãe é passado-presente fecundo. 

É nossa companhia que, nos guia para o crescimento da nossa vida interior. 

 É estímulo para seguirmos nossa jornada tendo viva dentro de nós aquela que constituiu a fonte da nossa vida e de muitos que a trazem no coração!

A saudade, pois, presença da ausência, é força viva, quando torna o passado presente, fonte inspiradora, com uma energia positiva que transcende ao sofrimento nos proporcionando momentos como este.

Hoje, de coração, agradecemos esta homenagem, sabendo que ela junto a Deus, o grande Ausente que está sempre conosco, torna-se a mais viva companheira!”

Obrigada

 

 

POEMA

“Ai dos insensíveis ao calor das coisas ausentes!

Ai daqueles para quem a ausência é o sinal de morte.

Quando a ausência, ao contrário, se a sabemos entender,

É o grande sinal de vida, o caminho pelo qual os poetas nos levam ao coração das coisas e os corações anulam o peso das distâncias ou transpõem os muros intransponíveis das barreiras que nos isolam uns dos outros. Pode ser, até mesmo e a cada momento, o sinal mais vivo de a existência de Deus.”

Sem comentários:

Enviar um comentário